Polícia apreende R$ 2 milhões em ação contra jogos de azar na Serra Gaúcha

A Polícia Civil deflagrou Operação Policial, nesta quinta-feira (29/10), visando à apreensão de bens móveis e imóveis oriundos de lavagem de dinheiro pela exploração de jogos de azar praticada por organização criminosa. Na ação policial, […]


Publicado por Adriano Padilha

há 6 meses atrás

Compartilhar

A Polícia Civil deflagrou Operação Policial, nesta quinta-feira (29/10), visando à apreensão de bens móveis e imóveis oriundos de lavagem de dinheiro pela exploração de jogos de azar praticada por organização criminosa. Na ação policial, foram cumpridos 5 mandados de busca e apreensão em São Francisco de Paula e em Igrejinha, além de 6 prisões preventivas, estando um investigado foragido.

A apreensão de bens móveis e o sequestro de bens imóveis, bem como as prisões realizadas são resultado de qualificada investigação da Polícia Civil, tendo o inquérito policial centenas de páginas a demonstrarem como o grupo agia, com vasta materialidade e fortes elementos que comprovam a autoria de cada investigado. Com a ação, a Polícia Civil pretende desarticular a organização criminosa e o poderio econômico dos membros do grupo criminoso que atuam com a exploração de jogos de azar há muitos anos na região.

As investigações, que duraram mais de 1 ano, resultaram na identificação de 14 membros do grupo, todos atuando na exploração de jogos de azar, sendo 6 com participação direta e ativa na organização criminosa, com divisão de tarefas e hierarquia bem definida para cada um, o que gerava grande lucro para a aquisição e reformas de bens. No curso do inquérito policial, considerado um dos principais já realizados pelo órgão policial na cidade, a Polícia Civil chegou a prender alguns dos investigados por crime de homicídio, ocasião em que foram apreendidos material de apostas e dinheiro relacionados a jogos de azar.

Ao todo, foram sequestrados 7 imóveis, localizados em São Francisco de Paula, totalizando o valor de mais de 1 milhão de reais, 4 veículos, medidas constritivas de indisponibilidade de bens móveis, bloqueio de contas bancárias, além de afastamentos de sigilos fiscais e financeiros de empresas e pessoas físicas envolvidas.

A ação policial contou com a participação de 10 policiais civis e 4 viaturas com o apoio das Delegacias de Polícia de Igrejinha, Três Coroas e Canela.

Maiores informações podem ser adquiridas Delegacia de Polícia de São Francisco de Paula.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 6 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Fim de Semana com o Sucesso

    A SEGUIR

    • Programa Viva na Madrugada

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider