Paciente de Garibaldi que recebeu plasma convalescente apresenta melhora respiratória e desperta do coma induzido

O idoso de 63 anos, morador da cidade de Garibaldi, que foi o primeiro paciente do Estado a receber plasma convalescente na tentativa de auxiliar a criar anticorpos contra o Coronavírus, apresentou melhoras significativas em […]


Publicado por Adriano Padilha

há 11 meses atrás

Compartilhar

O idoso de 63 anos, morador da cidade de Garibaldi, que foi o primeiro paciente do Estado a receber plasma convalescente na tentativa de auxiliar a criar anticorpos contra o Coronavírus, apresentou melhoras significativas em seu estado de saúde. A transfusão ocorreu há 15 dias.

De acordo com informações da médica Eveline Maciel Correa Gremelmaier, intensivista do Hospital Virvi Ramos, o paciente apresentou uma melhora no quadro ventilatório, conseguindo alternar períodos sem a necessidade do uso de respirador mecânico. Segundo Eveline, o paciente despertou do coma induzido e nesta terça-feira (9) e recebeu a visita de seu filho. O paciente reconheceu o mesmo através de um vidro do box da Unidade de Terapia Intensiva.

O paciente ainda apresenta limitações após ter passado por um longo período em coma induzido. A médica explica que a fraqueza muscular é o que ainda dificulta a saída do paciente da respiração mecânica.

O plasma foi coletado pelo Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs) no dia 25 de maio. O doador foi Fabio Klamt, 44 anos, morador de Porto Alegre. Klamt é pesquisador da área de Biomedicina e um defensor do tratamento com o uso do plasma convalescente em pacientes contaminados por Coronavírus.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 11 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Jornal Leouve

    A SEGUIR

    • Programa Alegria de Minha Terra

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider