Morador de São Marcos morre após picada de abelha

Um homem, identificado como Luciano Rech, de 50 anos, morador de São Marcos, morreu após ser picado por uma abelha, na tarde deste domingo (20), enquanto estava em uma área rural nas proximidades de Campestre […]


Publicado por Adriano Padilha

há 4 meses atrás

Compartilhar

Um homem, identificado como Luciano Rech, de 50 anos, morador de São Marcos, morreu após ser picado por uma abelha, na tarde deste domingo (20), enquanto estava em uma área rural nas proximidades de Campestre da Serra. Rech era alérgico e já havia sido hospitalizado em outras oportunidades pelo mesmo problema.

Amigos e familiares que estavam com ele chegaram a lhe aplicar uma injeção e encaminhar a vítima até o hospital, porém ele não resistiu e acabou morrendo.

Graxa, como era conhecido, era professor da rede estadual de ensino. Além disso, era músico e chegou a criar um coral com alunos do Colégio Maranhão. Ele deixa dois filhos.

O veneno da abelha, em pessoas hipersensíveis, pode causar choque anafilático, aumento dos batimentos cardíacos, dificuldade de respirar e tonturas. Em alguns casos, os sintomas pode aparecer de forma imediata.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 4 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Entardecer na Querência

    A SEGUIR

    • Programa Fim de Semana com o Sucesso

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider