Julho é o mês de Festiqueijo, em Carlos Barbosa 

A cultura produtiva do queijo em Carlos Barbosa, município da Serra Gaúcha, ultrapassa os 110 anos de história, que começou antes mesmo da emancipação da cidade, em 1959. A Capital Brasileira do Futsal, terra do […]


Publicado por Rafaela Vargas

há 1 mês atrás

Compartilhar

A cultura produtiva do queijo em Carlos Barbosa, município da Serra Gaúcha, ultrapassa os 110 anos de história, que começou antes mesmo da emancipação da cidade, em 1959. A Capital Brasileira do Futsal, terra do queijo e da faca, selecionou seus melhores ingredientes para a retomada presencial do Festiqueijo. O melhor da gastronomia e dos vinhos, o sorriso no bem receber, o abraço que ficou guardado por dois anos, a música que traduz a alegria dos barbosenses, a diversidade cultural na formação da população local e, claro, muito queijo. Esta é a receita da 31ª edição do Festival que vai acontecer de 1º a 31 de julho, sempre de sextas a domingos.

Serão cinco finais de semana com muitas atrações e experiências, aromas e sabores que estão intimamente ligados à cultura regional. Acompanhando as mudanças no comportamento de consumo geradas pela pandemia, a diretoria vem maturando ideias para apresentar novidades que vão revitalizar o evento. O presidente do Festiqueijo 2022, Cláudio Chies, destaca o envolvimento da comunidade e o desejo do reencontro.

“O trabalho colaborativo já faz parte da história do Festiqueijo que atrai milhares de visitantes justamente pelas suas características regionais. Estamos todos ansiosos para nos reencontrar, rever e brindar com amigos. Temos certeza que será uma edição histórica, que marca a retomada da celebração das boas coisas da vida”.

Assim como nos anos anteriores, o Festival acontece no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Carlos Barbosa reunindo queijarias e vinícolas que oferecem aos visitantes a degustação de dezenas de variedades de queijos, vinhos, espumantes e suco de uva, além de pratos típicos da culinária regional. Na programação, eventos paralelos estão sendo organizados para envolver ainda mais a comunidade, além de completar a experiência do turista.

Em 2019, o público foi de quase 30 mil pessoas. Foram consumidos 12.600 kg de queijo, 33.600 garrafas de vinhos e espumantes e 4.948 kg entre polenta, espetinho, galeto e salsichão. A expectativa dos organizadores para este ano é que o Festival seja visitado por um público 20% superior ao da última edição.

DIRETORIA

Presidente – Cláudio Chies

Vice-presidente – Clóvis Tramontina

Diretor de Marketing e Planejamento – Marcius Dal Bó

Diretor de Infraestrutura – Lari Audibert

Diretor de Suprimentos – Roberto Bavaresco

Diretor de Gestão Pública – Fábio Basso

Diretora de Cultura – Leda Elisabete Regla

Diretora Financeira – Cláudia Atuatti Barsé

Diretor Contábil – Vanderlei Rodrigues Schneider

Generic placeholder image
Por Rafaela Vargas

há 1 mês atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Viva na Madrugada

    A SEGUIR

    • Programa Bom Dia Trabalhador

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Facebook

15 hours ago

"Não aprendi a dizer adeus" é uma música da playlist "Clássicos da Rádio Viva" 😄

Qual música dessa playlist você mais ouve? 🤔

#radioviva #viva #apaixonadaporvoce #spotify #playlist ... See more

18 hours ago

Gosto de gente que me faz dançar em dias de chuva, que me faz sentir a tal quando estou por baixo, e que segura minha mão quando percebe que estou com medo.

Gosto de gente que gosta de gente que ... See more

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider

Cozinha Viva

INGREDIENTES

– 1 xícara de açúcar
– 1 xícara de farinha de trigo
– 3 bananas cortadas
– 4 ovos
– 2 colheres de sopa de óleo
– 400g de doce de leite
– 1 colher de chá de fermento químico

MODO DE PREPARO: Derreta o açúcar até caramelizar, coloque a calda em uma assadeira, corte as bananas…

Top 10