Coronavírus chega na segurança pública e afasta policiais em Caxias do Sul

Na última semana ao menos cinco policiais da Brigada Militar foram afastados após serem confirmados com a Covid-19, e dois policiais civis estão em quarentena após terem tido contato com os PM’s em ocorrências na […]


Publicado por Adriano Padilha

há 10 meses atrás

Compartilhar

Na última semana ao menos cinco policiais da Brigada Militar foram afastados após serem confirmados com a Covid-19, e dois policiais civis estão em quarentena após terem tido contato com os PM’s em ocorrências na Central de Polícia .

Em um comunicado interno o comando do 12 º BPM alertou os soldados que três PM’s que moram juntos positivaram os exames e já estão afastados do batalhão, e que um deles teria tido contato direto com com outros dois policiais que também já estão isolados da corporação após terem a confirmação dos exames.

Nos últimos dias vários testes da Covid-19 foram feitos nos soldados do 12º BPM que tinham sintomas ou que tiveram contato direto com os infectados. Os resultados dos exames não foram divulgados.

Procurado pela reportagem do Portal Leouve para falar sobre o assunto, o comandante do CRPO/Serra Coronel Glauco Alexandra Braga, se limitou apenas a responder as perguntas enviadas por escrito para a assessoria de imprensa da Brigada Militar em Caxias.

Em nota enviada a redação o comandante não entrou em detalhes sobre o número de soldados que estão com a doença, mas disse que a situação está sendo acompanhada através de seu departamento de saúde, que conta com completa infraestrutura para atendimentos destes casos e um oficial médico e técnicos em enfermagem na serra para atendimento desta demanda.

Outros assuntos:
A reportagem do Portal Leouve abordou outros dois assuntos com o comandante do CRPO; um deles é sobre as constantes mudanças no Sub-comando do 12º. Foram ao menos duas em menos de um ano. A primeira alteração ocorreu em agosto do ano passado, quando o Major Émerson Ubirajara Souza, que estava há quatro anos no subcomando foi substituído pelo Major Diego Soccol, que permaneceu até o início deste mês, quando foi substituído pelo Major Márcio Leandro.

Em relação a movimentação dos oficiais o comandante do CRPO vê como algo natural’ Quanto a movimentação de oficiais o comando da serra enxerga como algo natural a profissão buscando manter a continuidade do serviço, atendimento das necessidades regionais de segurança pública, promover a qualificação de recursos humanos e a valorização de pessoal”, avalia.

Sobre o levantamento que está sendo realizado junto ao efetivo da corporação para apurar eventuais caso de pedido indevido do auxílio emergencial do governo federal de R$ 600,00 devido à pandemia do novo coronavírus a resposta foi de o caso está sendo averiguado pela Corregedoria Geral da Brigada Militar e tão logo sejam concluídas estas diligências serão adotadas as medidas legais cabíveis ao caso.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 10 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Bom Dia Trabalhador

    A SEGUIR

    • Programa Alto Astral

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider