Caxias do Sul tem a maior redução de roubo de veículos já registrada

A diminuição é fruto de um trabalho integrado das forças de segurança pública, especialmente da Polícia Civil, Brigada Militar e da SUSEPE.


Publicado por Joana Oliveira

há 10 meses atrás

Compartilhar

Com a divulgação dos dados do Programa RS Seguro na tarde da quinta-feira (10), referentes ao mês de julho do corrente ano, foi alcançada no indicador criminal ROUBO DE VEÍCULOS a maior redução da série histórica em Caxias do Sul, desde que os dados começaram a ser compilados e monitorados, em outubro de 2013.

Foram registrados 11 roubos de veículos em Caxias do Sul no mês de julho, uma redução de 57% em comparação ao mês de julho de 2022 (24 casos). Segundo os dados do sistema GESEG, a menor marca anterior foi de 12 casos e foi alcançada em duas oportunidades: agosto de 2021 e junho de 2023.

A redução histórica nos roubos de veículos é fruto de um trabalho integrado das forças de segurança pública de Caxias do Sul, especialmente a Polícia Civil, a Brigada Militar e a SUSEPE, devendo ser destacado que a atuação policial na repressão e na prevenção deste indicador, permite também a redução e a prevenção do delito de latrocínio (roubo seguido de morte).

A metodologia utilizada é a mesma dos últimos 4 anos e tem demonstrado acerto através das reduções alcançadas, sendo inclusive apontada pelo Governo do Estado, através do programa RS Seguro como destaque positivo de evolução no fechamento dos quatro primeiros anos do referido programa, em publicação no início do corrente ano.

As informações obtidas em abordagens ou prisões efetuadas pelo 4º Batalhao de Choque e pelo 12º BPM são passadas quase que em tempo real à Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), sendo analisadas com o banco de dados das investigações finalizadas e as que estão em andamento e a troca de informações permite a identificação do grupo criminoso que está atuando na região.

Além da troca de informações entre a Polícia Civil e a Brigada Militar, a SUSEPE (7ª Delegacia Regional) complementa com as informações de inteligência obtidas no sistema penitenciário, visto que grande parte do comando deste tipo de crime se encontra recolhido em penitenciárias e presídios.

De posse de tais dados, a investigação da DRACO se torna mais célere, permitindo o esclarecimento do fato com a identificação dos autores e da função desempenhada por eles nas organizações criminosas, fundamentando as prisões preventivas representadas e encaminhadas ao Poder Judiciário, com a análise do Ministério Público.

Informações anônimas podem ser passadas à DRACO pelo telefone 54-98432-9312 (WhatsApp) e serão mantidas em sigilo.

Generic placeholder image
Por Joana Oliveira

há 10 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Voz do Brasil

    A SEGUIR

    • Programa Viva Noite

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

Design sem nome (2)
andreazza
WhatsApp Image 2022-07-07 at 14.02.06
Dog Shop
stok
viver
mercadão
WhatsApp Image 2021-01-05 at 09.32.53
Banner_300x250
Designsemnome4
previous arrow
next arrow

Cozinha Viva

A receita de hoje é maravilhosa, com uma textura e sabor magníficos e bem crocantes, almôndegas suecas, que delícia hein.

Ingredientes:

  • 500gr de carne moída
  • 1/2…

Top 10