Tarcísio Meira morre aos 85 anos, vítima da Covid-19

Tarcísio Meira morreu aos 85 anos de idade nesta quinta-feira (12). O ator foi vítima das complicações da Covid-19 e havia sido internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 6 de agosto, […]


Publicado por Rafaela Vargas

há 1 mês atrás

Compartilhar

Tarcísio Meira morreu aos 85 anos de idade nesta quinta-feira (12). O ator foi vítima das complicações da Covid-19 e havia sido internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, no dia 6 de agosto, com a mulher, Glória Menezes. A informação foi confirmada por Tadeu Lima, assistente pessoal do casal, para a revista Quem.

Considerado um dos maiores atores da dramaturgia, Tarcísio nasceu em outubro de 1935, em São Paulo. Ele começou a carreira artística no final dos anos 1950 no teatro, em peças como Chá e Simpatia e Quando As Paredes Falam, ambas em 1957.

Tarcísio estreou na TV Tupi em 1959 no teleteatro Noites Brancas. Dois anos depois, contracenou primeira vez com Glória Menezes em Uma Pires Camargo, em 1961, de Geraldo Vietri. Os dois se casaram no ano seguinte. Único filho do casal, Tarcísio Filho nasceu em 1964.

Na Excelsior, o ator se destacou pela atuação com a mulher em 2-5499 Ocupado (1963), de Dulce Santucci, e fez mais nove trabalhos da emissora. Em 1967, eles fizeram sua estreia na Globo em Sangue e Areia e se consagraram como um dos casais favoritos da TV brasileira.

Na década de 1980, Tarcísio teve desafios na carreira e fez papéis que quebrou estigmas na época. Em 1981, ele atuou em Idade da Terra, de Glauber Rocha, e O Beijo no Asfalto, de Bruno Barreto, em que beijava o personagem de Ney Latorraca.

Fonte: Revista Quem

Generic placeholder image
Por Rafaela Vargas

há 1 mês atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Bom Dia Trabalhador

    A SEGUIR

    • Programa Alto Astral

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider