Retomada das aulas presenciais em Farroupilha é marcada pela alegria e expectativas

A secretária de Educação de Farroupilha, Luciana Zanfeliz, comentou em entrevista ao Grupo RSCOM, sobre a retomada das aulas na Rede Municipal de Ensino, nesta segunda-feira (03), com praticamente 100% dos alunos de forma presencial. […]


Publicado por Adriano Padilha

há 2 meses atrás

Compartilhar

A secretária de Educação de Farroupilha, Luciana Zanfeliz, comentou em entrevista ao Grupo RSCOM, sobre a retomada das aulas na Rede Municipal de Ensino, nesta segunda-feira (03), com praticamente 100% dos alunos de forma presencial. Ela comemorou o retorno, mas ressaltou que ainda é preciso ter alguns cuidados para que as atividades ocorram dentro de uma normalidade.

Ela disse que o retorno ocorreu com tranquilidade e com um sentimento de otimismo. Algumas escolas ainda precisam se adequar com relação ao espaço físico. O número de crianças que voltaram é satisfatório, apesar de algumas continuarem com o sistema híbrido.

Ela comentou sobre a questão do distanciamento social, que ainda é preciso ser mantido dentro das escolas, o que faz com que algumas turmas, de algumas instituições ainda não voltem de forma plena. A secretária ressalta que já há trâmites sobre isso junto ao Governo Estadual.

“Estamos na expectativa grande que o Governo está para lançar uma flexibilização na questão do distanciamento dentro das escolas. Com isso vamos poder atender a 100% dos alunos dentro das nossas escolas. Mas até que esse decreto não seja publicado, nossas escolas estão adaptando as salas maiores para atender a essas turmas e tentando atender a todos. Ainda não estamos 100% apenas por essa questão dos protocolos do distanciamento que são iguais aos que tínhamos no primeiro semestre”, disse.

Para ela, esse retorno vai diminuir a lacuna deixada pelo um ano e meio em que o atendimento ou não pôde ser feito, ou precisou ser adequado. Luciana diz que a volta precisa ser comemorada por toda a comunidade escolar.

Uma das escolas que teve o retorno e com um número expressivo de alunos foi a Santa Cruz, em Nova Milano. Conforme a diretora, Veridiana Brustolin, doze, das 20 turmas, voltaram de forma plena na instituição. Apesar do retorno, a diretora diz que é preciso cautela e que a comunidade escolar vai viver um dia de cada vez, com atividades em espaços abertos e contínuos para desenvolver um trabalho gradual nessa retomada.

Pais que ainda desejarem tem a possibilidade de não enviar seus filhos para a escola, já que o formato híbrido ainda deverá ocorrer. Mas, de acordo com ela, o retorno foi muito próximo ao total.

“Nós temos hoje 450 alunos e nosso número de alunos remotos não chega a 15. Então a maioria dos alunos realmente voltou. Temos a expectativa de já na semana que vem trazer novos grupos. Essa é a nossa tentativa, trazer aos poucos o nosso aluno para dentro da sala de aula. Pretendemos até setembro estar com as turmas na escola, só não irá retornar o que nosso espaço físico não permite”, disse.

Tanto a diretora, quanto a secretária, comentaram que as expectativas para 2022 são as melhores possíveis. Com a vacinação e a redução do número de casos da Covid-19, há a intenção de que o próximo ano letivo ocorra de forma plena. Luciana ainda ressaltou que as escolas já se mostram um local seguro, cumprindo todos os protocolos.

“Eu estou bastante otimista. Dentro das nossas escolas, no primeiro semestre, mesmo a gente passando por muitas dificuldades, houve o respeito de todos os protocolos previstos e não tivemos nenhum surto da doença. Tivemos alguns casos localizados, mas nada grave. Este é um fato muito positivo que mostra que nossas escolas tiveram todos os cuidados para que não tivéssemos problemas com nossos estudantes”.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 2 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Bom Dia Trabalhador

    A SEGUIR

    • Programa Alto Astral

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider