noticias

Populares comparam máscara a cabresto em manifestação contrária ao uso do equipamento, em Garibaldi


Uma cena inusitada foi vista na manhã desta quarta-feira (20) em um prédio localizado na Rua Julio de Castilhos, no centro de Garibaldi. Colado em uma das portas da construção estava um cartaz, criticando a obrigatoriedade do uso de máscaras. O cartaz possuía os seguintes dizeres: “A China é aqui. Obrigatório usar cabresto (máscara). Sua liberdade foi roubada.”

O uso de máscaras em espaços de uso comum em Garibaldi está determinado desde a publicação do decreto nº 4.377, do dia 17 de abril. Autoridades de saúde salientam sobre a importância do uso de máscaras como método para barrar a transmissão do Coronavírus.

O manifesto foi flagrado nesta quarta-feira, mesmo dia em que o município de Garibaldi registrou a quarta morte em decorrência da Covid-19. Além disso, de acordo com o último boletim epidemiológico, outras 212 pessoas foram infectadas pelo vírus no município.

O prédio onde o cartaz foi flagrado abrigava a antiga agência do Banrisul, que desde setembro de 2015 mudou de local. Desde então, a construção não foi mais ocupada.

Fotos: Tais Pereira/Grupo RSCOMPreviousNext

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *