Lideranças políticas e empresariais da Serra Gaúcha organizam manifestação na ERS-122

Devido as péssimas condições de manutenção da rodovia que liga Vacaria a Antônio Prado, representantes políticos, empresariais e de sindicatos da região vão realizar uma manifestação na ERS-122, bloqueando a pista em ambos os sentidos, […]


Publicado por Adriano Padilha

há 4 semanas atrás

Compartilhar

Devido as péssimas condições de manutenção da rodovia que liga Vacaria a Antônio Prado, representantes políticos, empresariais e de sindicatos da região vão realizar uma manifestação na ERS-122, bloqueando a pista em ambos os sentidos, nesta quinta-feira (26), à partir das 8h, na altura do km 161. Não há previsão de horário para término do protesto.

O presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Vacaria, Aldo da Silva (PSDB), explica que além da via estar praticamente “intransitável” devido aos buracos, o estopim para esta manifestação é o trágico acidente que aconteceu na última sexta-feira (20), envolvendo dois carros de passeio, vitimando a avó Erzia Guedke, de 63 anos, e a neta Pietra Cristina Pereira, de sete anos.

“Em seis anos perdemos 32 vidas. Há inúmeros buracos, não tem placa de sinalização, não há acostamento. Então vamos juntos para que possamos resolver a situação que está muito precária e precisamos que o governado do RS tome consciência, que notifique o DAER pois faz parte de seu governo estadual e nos ajude urgente nesta demanda que há anos estamos cobrando”, destacou da Silva.

De acordo com Aldo, há mais de três anos as melhorias na via estão sendo cobradas no Governo do Estado, porém, até o momento, não houve uma solução dos governantes, inclusive do atual gestor, Eduardo Leite. “Nós somos filiados no mesmo partido (PSDB), mas mesmo assim, não obtivemos resposta” ressaltou o vereador.

Conforme o presidente, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) fará a segurança entre a ERS-122 e a BR-116, com apoio da Brigada Militar (BM) de Campestre da Serra. Ainda de acordo com da Silva, além do auxílio dos municípios da região, a manifestação também contará com o apoio dos caminhoneiros que utilizam a via com frequência e enfrentam as péssimas condições que a rodovia apresenta, gerando perigo e gastos em manutenção com os veículos de carga.

“Vamos fazer o fechamento, não irá passar ninguém exceto pessoas que comprovem problemas de saúde. O Governador vai ter que nos ouvir, pois esta demanda não pode ficar assim. Precisamos salvar vidas, afirmou o presidente do Legislativo.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 4 semanas atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Bom Dia Trabalhador

    A SEGUIR

    • Programa Alto Astral

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider