Estelionato lidera em Farroupilha sendo 44% das ocorrências

Para explanar sobre os crimes de estelionato que ocorrem na cidade, esteve presente na Câmara de Vereadores, na sessão desta segunda-feira (13) o delegado Ederson Bilhan. Sua participação se deu a pedido dos vereadores Gilberto […]


Publicado por Adriano Padilha

há 2 semanas atrás

Compartilhar

Para explanar sobre os crimes de estelionato que ocorrem na cidade, esteve presente na Câmara de Vereadores, na sessão desta segunda-feira (13) o delegado Ederson Bilhan. Sua participação se deu a pedido dos vereadores Gilberto do Amarante e Thiago Brunet.

O estelionato se caracteriza como uma fraude praticada com o intuito de induzir a vítima a uma falsa concepção de algo, a fim de obter uma vantagem sobre ela. Populares entre os cidadãos casos como do bilhete premiado, clonagem de whatsapp e o envio de fotos íntimas são os registros com maior proporção em Farroupilha.

Em 2021, esse crime corresponde a 44% das ocorrências em Farroupilha; entre janeiro e agosto as ocorrências aproximam-se a 550 registros, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Bilhan alerta para que o cidadão não efetue depósitos sem a certeza de que o valor será destinado ao portador corretamente. Informações pessoais via aplicativos ou ligações telefônicas, como: número de documentos, cartões de crédito ou endereços, a pessoas ou “empresas” que entram em contato solicitando os dados também devem ser evitadas pelo cidadão.

Segundo o delegado, a polícia civil busca a rastreabilidade do crime, que em muitos casos ocorrem fora do Estado. Com o intuito de auxiliar na prevenção de novos casos, a Polícia Civil do RS disponibiliza à sociedade uma Cartilha com os cuidados contra golpes pela internet.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 2 semanas atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Alto Astral

    A SEGUIR

    • Programa Jornal Leouve

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider