Advogados de Diogo Siqueira dizem confiar na Justiça Eleitoral após recorrerem de cassação

A decisão judicial que determina a cassação da coligação ‘Gente que faz Bento”, vencedora das eleições municipais em Bento Gonçalves, segue repercutindo nesta quinta-feira (26). O advogado Matheus Dalla Zen, que representa a Coligação ‘Bento […]


Publicado por Adriano Padilha

há 5 meses atrás

Compartilhar

A decisão judicial que determina a cassação da coligação ‘Gente que faz Bento”, vencedora das eleições municipais em Bento Gonçalves, segue repercutindo nesta quinta-feira (26).

O advogado Matheus Dalla Zen, que representa a Coligação ‘Bento Unida e Forte’ do candidato Alcindo Gabrielli (MDB) e que ajuizou uma ação contra a Coligação ‘Gente que faz Bento”, se manifestou após a decisão judicial, determinada pela Juíza Eleitoral Romani Dalcin, que decide pela cassação da candidatura de Diogo Siqueira e Amarildo Locatelli, prefeito e vice eleitos no último pleito municipal.

Leia mais:

https://leouve.com.br/politica/diogo-siqueira-prefeito-eleito-de-bento-goncalves-tem-candidatura-cassada-pela-justica-eleitoral

Para o advogado a decisão é legítima e acredita que deva ser mantida mesmo após a apresentação de recursos por parte da defesa da coligação de Diogo e Amarildo.

“Recebemos a notícia da cassação com muita tranquilidade. Foi uma ação de investigação judicial eleitoral em razão de fatos que considerávamos importantes e que estavam desequilibrando a eleição. Esperávamos ser julgada procedente como de fato foi e esperamos realmente que a decisão seja mantida mesmo após a apresentação de recursos, em razão dos fatos que foram apresentados nesta ação”.

Leouve · Advogado da Coligação Bento Unida e Forte fala sobre decisão judicial

A ação acusa a prefeitura de uso da máquina pública para benefício da campanha eleitoral de Diogo e Amarildo.

Em seu despacho, a Juíza Eleitoral entende que a divulgação de obras e contratos assinados pela atual prefeitura realmente possam ter prejudicado a isonomia das eleições e favorecido a candidatura de Diogo e Amarildo, chapa da situação. O prefeito Guilherme Pasin, que será investigado por improbidade administrativa, não se manifestará sobre o assunto em um primeiro momento, conforme informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura.

O que afirma a Coligação Gente que Faz Bento?

Em nota oficial, emitida em conjunto pelos advogados Caetano Cuervo Lo Pumo, Everson Alves dos Santos e Francisco Tiago Duarte Stockinger e divulgada pela Assessoria de Imprensa da Coligação Gente que Faz Bento, do prefeito eleito Diogo Segabinazzi Siqueira e do vice Amarildo Locatelli, a coligação afirma que a campanha pré-eleitoral foi limpa e ética e que o recurso da decisão judicial será apresentado nos próximos dias:

Confira a nota:

“Com relação à decisão proferida pela Justiça Eleitoral que cassou os diplomas do Prefeito e Vice eleitos de Bento Gonçalves, Diogo e Amarildo, a defesa manifesta profundo respeito, mas discorda de seus fundamentos, e informa que apresentará recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do RS tão logo seja intimada da sentença.

O Ministério Público Eleitoral, em parecer ofertado no mesmo processo, opinou que não havia gravidade suficiente para que se reconhecesse eventual abuso de poder, nem mesmo indícios concretos de interferência na vontade do eleitor. É justamente nessa linha que a defesa entende que o processo deveria ser julgado, pois não havia razões para que fosse aplicada uma sanção tão severa como a cassação.

Enquanto aguardam a reforma da sentença pelo TRE-RS, e tendo em vista que o recurso possui efeito suspensivo, Diogo e Amarildo serão diplomados e poderão assumir seus mandatos em 1º de janeiro.

A Coligação Gente que Faz Bento e os candidatos confiam na Justiça Eleitoral para solucionar esse caso com brevidade, e sacramentar a vontade das urnas que elegeu Diogo e Amarildo com 30,54% dos votos.

Caetano Cuervo Lo Pumo – OAB/RS 51.723

Everson Alves dos Santos – OAB/RS 104.318

Francisco Tiago Duarte Stockinger – OAB/RS 48.799″

Nossa reportagem entrou em contato a Coordenadoria de Campanha do candidato Paulo Callefi, que foi o segundo colocado nas eleições, logo atrás de Diogo Segabinazzi Siqueira, que afirmou que o candidato vai aguardar a decisão final para uma possível manifestação.

Generic placeholder image
Por Adriano Padilha

há 5 meses atrás

Compartilhar
    lens

    AGORA

    • Programa Entardecer na Querência

    A SEGUIR

    • Programa Fim de Semana com o Sucesso

Previsão do tempo

Loading...
weather icon

°C

Parceiros

previous arrow
next arrow
Slider